quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Quando é preciso deixar a caixa de brinquedos para trás



Quando eu era menor eu queria crescer. Queria alcançar a liberdade e sair do mundo chato de criança. Não me arrependo de ter tal pensamento, afinal, quem não teria? Porém vejo que não é o que eu pensei que seria. Vamos concordar, crescer não é só festa.

Uma das principais coisas que sinto falta hoje é a atenção das pessoas. Percebi que é de extrema importância uma coisa que me era tão normal. Não sei muito bem o que acontece quando se é adulto, mas ser adolescente... cara, é um saco! De um lado tem um povo ignorando o que você fala e pensa e do outro tem gente querendo saber o que é da sua vida inteira, sendo que num nível desses nem você sabe. Fora que é preciso aturar gente dizendo que você é revoltado ou estressado demais.

Crescer é mudar. Mudar é deixar de fazer um monte de coisa que se gosta. Se você quer crescer você tem que ser responsável, e ser responsável é fazer um caminhão de coisa desgastante. Ou seja, crescer é deixar a aquarela e ingressar nos papéis e nessas coisas todas que exigem muito do nosso empenho.

Por outro lado, quando se cresce você pode começar a pensar em suas próprias coisas. Deixar de ser guiado pela ideia dos outros. Raciocinar por si só, por conta e risco. Você pode escolher entre ficar louco por pensar muito em algo ou ficar louco por não saber pensar. A escolha é sua!

Crescer é poder escolher a roupa que vai usar, escolher a cor do quarto, e até escolher quem você vai ser. É escolher a música que vai ouvir, o sabor da pizza que vai comer, o instrumento que vai tocar,  o curso que vai fazer, e outras tantas coisas.

Porém a mente vira um grande labirinto que, se você parar pra pensar por mais de três segundos, você se perde. Além de arrumar a caixa de brinquedos, agora é necessário arrumar a vida. É conciliar tudo dentro da cabeça. Tem que estudar, fazer lição de casa, fazer curso, entregar currículo, arrumar a casa, cuidar do primo, visitar a avó, aprender uma nova língua, cuidar do cachorro e ainda dormir antes das dez.

Não é como decidir entre qual brinquedo vou brincar. Eu tenho que brincar com todos eles e guardá-los depois, mas às vezes não dá tempo e acabo deixando o cubo mágico de lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário