quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Minha dor



Já é tarde. Um pensamento invade minha mente. É uma lembrança antiga. Tento pensar em outra coisa. Impossível.

Deito-me, durmo, e uma lembrança distorcida consola-me. Ela me faz acreditar que está tudo bem.

Acordo. No sonho parecia ser bem mais simples de encarar, quando na verdade esquecer é o mais prático. Mas não consigo esquecer.

Por inúmeras vezes tranquei essa memória em um baú profundo, e por inúmeras vezes achei um jeito de abri-lo. Pensar nisso é o bastante para me abalar.

Numa dessas troquei umas ideias com um amigo com a esfera de cristal em minhas mãos. Além de mim, apenas ele poderia tocá-la. Só a ele dou o direito de sentir a minha dor.

- Posso? - ele perguntou apontando para o objeto em minhas mãos.

Consenti.

Ele tomou-o delicadamente, elevou os braços acima da cabeça, e em seguida olhou para mim.

Ele estava prestes a despedaçar uma coisa que era parte de mim. Um pedaço podre, mas que ainda pertencia a mim. Destruí-lo doeria, certamente. Mas é o melhor a se fazer. Se eu recusar, será apenas uma questão de tempo até que essa memória me consuma.

Uma lágrima nasceu no canto do meu olho. Ele percebeu e me abraçou bem forte. Depois me pediu novamente para quebrá-lo. Recusei. A mim bastava conversar com ele sobre a situação.

E passaram-se dias...

As mesmas palavras saiam de minha boca. As mesmas lágrimas caiam em seu colo. A mesma proposta ele fazia. Todos os dias.

Resolvi mudar. Depois de algumas semanas eu aceitei.

Ele tomou o cristal e quebrou-o sem hesitação. Senti cacos de vidro me cortando por dentro. Lá no fundo eu não queria entregar meu tesouro a ele. Mas agora... Não dá mais pra voltar atrás.

Ele reconheceu meu grito de socorro.

- Apenas esqueça. - ele me disse.

Se me pareceu cruel na hora? É claro! Ele tinha acabado de me pedir para esquecer uma das pessoas mais importantes que eu já conversara em toda a minha vida.

Teimosa, eu. Demorei tanto pra entender...

Quando eu finalmente pedi ajuda para compreender esse conselho ele se calou. E o seu silêncio me guiou para bem perto dele. E ele me mostrou sua mão. Tinha uma marca nela.

Então perguntei o que ele queria dizer. E ele me respondeu:

- Eu esqueci a minha dor. Você também deve esquecer a sua.




segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Ânimo que o mundo te espera!



Já pensou em andar com Jesus? Já recebeu um convite para ir a igreja e ficou tentado a comparecer ao culto? Ou mesmo você que já é cristão, será que você entende o que é andar com Cristo?

Minha missão no post de hoje é te desafiar a viver uma aventura com esse Deus.

Antes de tudo, quero quebrar um mito que tem entrado em muita igreja e sido divulgado por muita mídia por aí. Seguir Jesus não é sinônimo de vida próspera. 

Por esses dias ouvi uma música que dizia que eu, como cristão, não posso aceitar perder porque eu nasci pra vencer. Não cai nessa. Se você se firmar nesse argumento furado bastará um vento de realidade na sua cara pra você chutar o balde. Ser cristão não é ser privilegiado. Não dá pra xingar o patrão e não ser demitido. Você terá uma vida como a de qualquer outra pessoa. A diferença é que com Jesus, mesmo desempregado, você consegue deitar em seu travesseiro e dormir.


"Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazer habitar em segurança"
-Salmo 4.8

Apesar de não ser filho do Papai Noel, você tem um Pai celestial que cuida de você. Ele não vai te deixar morrer de fome, nem te faltar vestes. Deus não te prometeu caviar na mesa nem roupa de marca no guarda-roupa. Mas ele cuida de você.

"Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?"
-Mateus 6.26

Uma coisa que muito cristão se engana é que se você segue a Cristo sua vida não terá problemas. Isso está totalmente errado! Como cristão, você é um pequeno Cristo, ou seja, a intenção é que você seja uma réplica de Jesus. Se Jesus, sendo Deus, sofreu o que sofreu, por que é que nós, meros mortais, pecadores, desobedientes, não vamos passar por nenhuma dificuldade? Jesus diz em alto e bom som que vamos sofrer nesse mundo. Em 1 João 5.19 diz que o mundo pertence ao maligno e que nós pertencemos a Deus. Estamos invadindo território inimigo. É como se Deus, o Senhor dos Exércitos, nos enviasse para acabar com o "reinado feliz" de Satanás.

"Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo"
-João 16.33

E ainda como pequenos Cristo, se ele venceu o mundo nós também podemos!

Temos que entender que, a partir do pecado, todos nós pertencemos a Satanás. O pecado corre em nossas veias. O pecado é o estado natural do homem. Porém, há uma maneira de deixar o pecado: Seguir O Caminho.

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim."
-João 14.6

Andar com Jesus é a única forma de deixar o pecado. Mas temos que ter em mente uma coisa: Ao fazer isso somos como traidores, ou seja, deixamos para trás tudo o que Satanás nos "ofereceu" para recorrer ao seu maior inimigo. É claro que Satanás não deixar por isso mesmo! Ele sabe que você também pode transformar muitas outras pessoas em traidoras.

Claro que nem todas as "coisas ruins" que nos acontecem vêm de Satanás, às vezes é só Deus querendo saber até onde nós vamos por amor à ele. É isso que costumamos chamar de prova, que é quando Deus está aplicando um teste em nós. Nas provas você pode orar o quanto quiser, chorar, resmungar, espernear, mas enquanto você não aprender a lição que Jesus quer te ensinar ele não vai colocar fim nisso.

Agora, as tentações são um pouco diferentes. Estas são as que Satanás lança nas nossas vidas. Tiago nos deixa uma instrução de como agir perante tentações:

"Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós"
-Tiago 4.7

Entendeu a ideia? É só resistir! Sabe, não dar bola, tentar ignorar, pedir ajuda pra Jesus quando alguns pensamentos estiverem te perturbando. E, além - e acima - de resistir, devemos nos sujeitar a Deus.

Sujeitar significa: ¹Reduzir à sujeição ou obediência; subjugar; ter sujeito; prender, segurar. ² Submeter para sofrer alterações ou modificações. ³Submeter-se; dobrar a cerviz, render-se; limitar-se; adstringir-se. segundo Dicionário do Aurélio.

Ou seja, devemos estar abertos a mudanças de Deus para nós. Abertos a novas estratégias. Livres para nos limitarmos e diminuirmos perante a soberania de Deus. E, acima de tudo, estar disposto a obedecê-lo.

Aí você me diz: só isso?

Isso aí. Só isso. Simples não é? Às vezes tentamos nos convencer de que servir a Jesus é difícil, só que não é! Precisamos abrir a mente!

Não temos mais tempo a perder. De um lado tem alguém virando a cara, do outro lado tem alguém tentando te desanimar. Bem atrás você tem as velhas coisas que você decidiu abrir mão. Mas à frente...

Ele está te esperando.

"Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam e avançando para as que estão diante de mim,,
prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus."
-Filipenses 3.13,14

Você pode pensar que viver com Jesus é difícil. Não é mentira. Se você vai chorar? Talvez. Se você vai querer voltar atrás? Provavelmente. Se você vai sofrer? Não só vai como deve. Aí você me diz: Poxa, então que vantagem há em seguir a Jesus?

Deixo o próprio Deus responder à você.

"Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida que está no meio do paraíso de Deus."
-Apocalipse 2.7

"Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas:  O que vencer não receberá o dano da segunda morte."
-Apocalipse 2.11

"Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei a comer do maná escondido e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe"
-Apocalipse 2.17

"E ao que vencer e guardar até o fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações,
e com vara de ferro as regerá; e será que quebradas como vasos de oleiro,; como também recebi de meu Pai,
dar-lhe-ei a estrela da manhã."
-Apocalipse 2.26-28

"O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos."
-Apocalipse 3.5

"A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome."
-Apocalipse 3.12

"Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono"
-Apocalipse 3.21

Agora pensa comigo: Dá pra ter noção do que nos espera? Temos uma nova realidade nos esperando. E tudo o que precisamos fazer é ficar com Jesus até o fim. A gente só sai na vantagem. Recebemos a salvação há mais de dois mil anos atrás, temos o direito de viver na terra ao lado de Jesus, receberemos um novo nome, comeremos do maná escondido e provaremos da árvore da vida!

Às vezes dá sim vontade de jogar tudo pro ar e voltar a fazer o que fazíamos antes, mas então olhamos para Jesus. Ele está como nosso pai nos ensinando a andar. Ele está a uns dez passos de gente grande, mas para nós parece que ele está distante. Começamos engatinhando, depois de algum tempo nos sentimos capazes de andar. Tropeçamos e caímos no chão. Começamos a chorar. "Eu não quero mais andar!", falamos.

"Só mais um passo", ele diz. Ele só quer que nós andemos mais um pouquinho. Ele está a uma distância segura. Uma distância que ele tem certeza que você alcançará. E se você não aguentar, ele não está tão longe de modo que não consiga te segurar antes que você se machuque.

Jesus está bem à sua frente. Só resta a você andar com sua energia restante até ele. Depois disso você poderá sonhar em seu colo por toda a eternidade.

Só falta mais um pouquinho. Não desista agora.



De manhã
Palavrantiga

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Quando tudo dá errado



"Está tudo tão difícil, não é? Pois saiba que vai ficar tudo bem."

É isso que sempre ouvimos. Ouvimos e ignoramos. É a mesma frase de sempre que parece frase de efeito de quem tem dó de você. Apesar de ser clichê, quero te dizer que essa afirmação é verdadeira, mas diferente do que geralmente acontece, mais do que apenas ditar as palavras, vou explicá-las.

Todos os motivos para ficar calmo você encontra a partir de um pensamento: Deus está no controle de tudo. Se você tiver convicção de que ele está te vendo nessa situação e de que ele pode alterar qualquer evento da história quando bem entender você já estará um passo mais próximo de entender as coisas.

O primeiro passo é confiar. Se você confiar em Jesus a batalha esta ganha. É só deixar ele ir na frente e fazer o que ele tem que fazer, deixar um pouco o controle da situação e entregá-la a Deus. É como se você estivesse em alto mar, com um navio enorme, no meio de uma tempestade. Você está indo na direção contrária do vento. Ele quer te levar para o meio do mar, e você vê terra seca, uma ilha bem à frente, mais perto do que há meia hora atrás. Depois de um tempo você desiste de lutar contra ele - o vento é bem mais forte que você. Então você larga o leme e vai dormir. Quando você vê está na praia em que você havia saído no começo de viagem, ou em uma melhor até. É desse jeito que funciona. Quando você desistir de lutar contra a vontade de Deus, tudo vai começar a fluir. Se você deixou seu lugar de paz para entrar nessa tempestade, ele te leva de volta. Se você fugiu de casa procurando algo melhor, ele te leva à uma cidade distante, onde você vai aprender ser dependente só dele.

Você tem que esperar. O tempo de Deus é bem diferente do nosso. Sabe como é, ele já percorreu todo tempo e todo espaço antes mesmo que a Terra que conhecemos fosse criada. Ele não se prende a tempo, e o desejo dele é que isso seja tão indiferente para você quanto é para ele. Não importa quantos dias atormentados você passa, por quantas noites você chora sem dormir. Só importa que, quando tudo passar, você entenda que você cresceu nesse tempo indeterminado.

Parece uma eternidade, mas para Deus são apenas alguns segundos que duram o seu sofrimento. Quando a poeira baixar, você vai se impressionar por ter chorado por tanta coisa besta, por ter se importado com tanta gente nada a ver, por ter se iludido em coisas que estão na cara que não passam de hologramas.

Precisamos entender que Deus só quer o nosso bem. A única coisa que fica na cara e que queremos ver é que Deus controla tudo, então se eu estou me machucando a culpa é dele. Mas ele só quer o nosso bem. Tem coisa que a gente precisa aprender na prática. Tem coisa que se ele te proibir de fazer você vai perguntar porque ele não deixou, então ele deixa, e depois lhe restam as consequências. Mas você aprende a nunca mais tocar naquilo.

É que Deus não criou robôs. Ele criou seres humanos. Nós somos os únicos seres do universo inteiro que podem tirar suas próprias conclusões e fazer suas próprias escolhas. E Deus respeita isso. Ele não vai te obrigar a nada, nunca. Ele só vai te aconselhar, isso sempre. E pode ter certeza que o que ele diz é o melhor a ser feito.

E um dos motivos que aprendi recentemente para manter a calma e acreditar que tudo dá certo no final: Deus só quer que você aprenda.

Isso aí. Aprender.

Pra Deus não importa o quanto você vai acertar nos momentos difíceis, e sim o quanto você vai aprender. Ele é um Deus que aplica prova sem passar matéria, mas que quer te ver tirar um dez. Um professor que vai te devolver a prova até que não haja mais nenhum erro. Deus faz esse tipo.

Às vezes parece que o problema nunca tem fim - sei bem como é isso. Às vezes parece que não tem mais solução. Mas na verdade tem sim. A solução é você olhar para Jesus e seguir o que ele pede. A solução é você aprender o que ele tem a ensinar. A solução é justamente a coisa que você está fugindo desde que entrou nessa. Não tenha medo, você não vai morrer.

É só confiar.

Pois saiba que vai ficar tudo bem.


Errando e aprendendo
Banda Resgate


quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Jesus em primeiro lugar



Quem nunca passou por um momento de aperto ou até de necessidade? E aquela louca vontade de ter alguma coisa? Acho que todos nós já passamos por isso. Talvez não de um jeito compulsivo, mas a gente sempre passa por um momento em que o dinheiro não dá para comprar o que desejamos, ainda mais quando se trata de pessoas ou oportunidade. Aí só Jesus na causa, dizemos. Então a ele recorremos, e sem pensar agimos.

Fazemos uma lista de todas as coisas que desejamos e mandamos por fax para o céu. Esperamos ansiosamente que nossos pedidos se realizem na íntegra. Se eles não se realizarem... Bem, é só não aparecer mais na igreja, afinal, de que serve "servir" a um Deus que não me dá o que eu quero, certo? Errado.

Jesus não é o gênio da lâmpada e ele não tem obrigação alguma em nos dar nada. Porém, ele nos entregou a coisa mais preciosa que ele possui: a salvação. Sem interesse algum; sem pedir nada em troca.

A salvação não parece grande coisa, afinal, é fácil conquistá-la. Mas pensa comigo: Como seria sua vida sem salvação? Eu digo para você. Para começar, você nunca teria, em circunstância alguma, contato com Jesus, ou seja, você não teria ninguém para te dizer a coisa certa a se fazer, não teria ninguém pra te consolar nos seus momentos difíceis, não teria direção alguma entre o certo e o errado. Além disso - como se viver sem Jesus fosse pouca coisa -, você seria condenado a uma vida eterna no inferno, onde você sentiria uma dor imensa, como se estivesse sendo consumido, e não morresse nunca. Sofrimento eterno, seja em vida ou em morte. Essa seria sua vida sem salvação.

Quando recebemos um presente que gostamos, é comum querer retribuir com algo como forma de agradecimento. Às vezes não temos a oportunidade de fazer isso. Mas com Jesus é diferente. Ele está aí na tua frente agora mesmo. Você pode agradecer-lhe como e quando quiser, com seu melhor presente, com seu melhor embrulho, com seu melhor sorriso e com seu sentimento mais forte.

Quando Jesus pensou em escolher um presente, ele pensou em uma coisa para compartilhar com você. Ele pensou numa eternidade ao seu lado. Ele não quer nada em troca. Mas você tem a liberdade de oferecer alguma coisa para ele.

Sabe aqueles colares que se encaixam, daqueles que cada um fica com uma pessoa e quando se encontram os pingentes se encostam? Sugiro que você dê algo do tipo a ele, sabe? Ele te deu algo para estar com você em tempos futuros. Nada mais justo que passar um tempo com ele no presente. Entende?

Não há porque aguardar tanto tempo para encontrar com ele. É preciso conhecê-lo agora, nesse exato momento. Talvez você não encontre tempo amanhã. Talvez você sequer conheça o amanhã. Aproveite enquanto ele está disposto a te ouvir.

"Buscai a Deus enquanto se pode achar; invocai-o enquanto está perto"
-Isaías 55.6

Um grande problema nosso é que nos preocupamos com coisas que não merecem nossa preocupação. O preocupar que eu digo não é aquela coisa de querer que tudo esteja bem, e sim aquilo de se descabelar ao ver que há alguma coisa fora do controle. E nossa mente fica tão cheia de tanta coisa desnecessária que acabamos esquecendo o que realmente importa. Nos esquecemos de Jesus. Enquanto ele deveria ser o nosso principal investimento ele acaba ficando num dos últimos lugares da nossa lista de afazeres.

Jesus quer ser o primeiro em sua vida.

O primeiro em quem você pensa ao acordar. O primeiro quem você conta seus segredos. O primeiro a receber suas lágrimas. O primeiro a encontrar seus sorrisos.

Ele não quer estar abaixo de nada nem ninguém. Não importa se os estudos, o emprego ou a família são importantes. Ele ter que ser o seu primeiro.

Jesus não exige ser a única coisa que você possa pensar. Você pode sim se divertir, passar um tempo com os amigos, ler um livro, jogar videogame e assistir seu programa de televisão. Não tem problema algum desde que você o deixe na frente de tudo isso.

Você percebe se Jesus está no topo das suas preocupações quando você abre mão de uma coisa que você gosta muito só para estar com ele. É claro que isso não acontece sempre, mas quando acontece você consegue se colocar no seu lugar e identificar em que lugar Jesus está na sua vida.

Depois não adianta pedir ajuda. Ele nem sequer te conhece direito! Jesus não quer te ver como aquele cara que só sabe pedir. Ele quer te ver como uma pessoa com quem ele pode conversar.

Precisamos de muita coisa, é claro, e Jesus pode muito bem nos dá-las. Mas que não pensemos nisso. Vamos pensar somente em Cristo, ok? Esqueça o que ele pode lhe oferecer e lembre-se apenas do que ele já te deu. Olhe para trás e lembre daquela vez que ele não te deixou ser atropelado. Recorde quando ele te aceitou em seu Reino. Tente visualizar Jesus pregado naquela cruz - sendo humilhado, machucado, rejeitado - só para ver seu rosto hoje e para você poder ouvir a sua voz.

Ele escolheu você. Então trate de escolher a ele, e não o que ele tem a oferecer. Se não estiver interessado em um relacionamento com Jesus também não espere receber algo dele. Não se aproxime por mero interesse. Ao contrário de nós, ele é Deus, e sabe o que passa no profundo do nosso coração. Ele sabe se você está se aproximando dele por interesse ou porque você reconhece que não é nada sem ele. Ele sabe quando você só quer bater no peito e dizer que é cristão para ganhar status. Ele te conhece. Não foi ele quem te criou? Ele conhece todos os seus trejeitos e todas as suas manias. Ele sabe quando você não está interessado diretamente nele, mas ele ainda quer você.


"Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas."
-Mateus 6.33

Tudo bem que às vezes não dá pra ignorar o problema e olhar apenas para Jesus, mas ao menos descanse. Às vezes precisamos muito da ajuda dele, mas você precisa entender que o seu problema não é tão ruim quanto estar longe dele. Além disso, não veja Jesus como um cara que só quer a sua atenção e que não fará nada para te ajudar. Ele só quer que você confie nele. Olhe para ele e você verá um raio de esperança para esse seu problema. Para você pode ser até difícil, mas para Deus é mas fácil do que respirar.

Apenas descanse. O resto ele faz por você.


Outra vez
Banda Resgate