quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Sobre essa coisa que se chama esperar



Esperar não é fácil em ocasiões normais. Ficar na sala de espera chega a ser agoniante. Esperar o dia do aniversário pode ser desesperador. Mas quando se trata de esperar coisas espirituais, temos duas opções: esperar por Deus ou esperar em Deus.

Podemos sentar em um sofá confortável e tomar uma xícara de chá enquanto contamos os segundos para que Deus traga em uma bandeja o que esperamos. Também podemos escolher um colchão e nos aconchegar até que Deus venha nos acordar.

Quando esperamos em Deus, cada segundo é uma oportunidade, cada dor um aprendizado e cada impossibilidade um exercício de fé. Quando esperamos em Deus há descanso, há preparo. Entendemos que só está levando o tempo que precisamos para estarmos prontos.

Quando esperamos por Deus, nos sentimos como clientes de um restaurante fino, onde Deus é o garçom. Esperar por Deus é esquecer que somos servos.

Enquanto esperamos, servimos. Todo trabalhador é digno de seu salário. Como receber sem antes dar? Não podemos permanecer inertes enquanto Deus age. Ele pode estar preparando um prato para você e te pedir para passar o sal ou para mexer a sopa.

Temos que estar prontos. "Eis-me aqui" deve ser a nossa fala, e não "estou ocupado".

Deus tem coisa preparada para nós que nem imaginamos! Planos que não cabem no papel, projetos que não podem ser frustados. Ele possui uma paleta com cores que não conhecemos para pintar nossa história. Ficamos ansiosos para ver como vai ficar o quadro. E todas as vezes que você perguntou se estava pronto, até agora, você recebeu um "espere". Quer uma dica? Que tal obedecer?

Quando menos esperar ele vai te chamar, e quando ele retirar o pano que esconde seu desenho, você ficará impressionado com o trabalho do seu Mestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário