terça-feira, 18 de agosto de 2015

Cadê ânimo na vida?



“Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer; mas tenham coragem. Eu venci o mundo. ”- João 16:33
Vontade de viver é o que falta, principalmente nesse mundo aqui.
Corrido...
Uma cara amassada que permanece o dia inteiro. Não quero falar com as pessoas. Não quero olhá-las, quero apenas chegar em casa e dormir muito.
Desânimo, falta de coragem, é o que nos afeta no dia-a-dia.
Nervosismo, raiva.
É isso que acaba conosco.
Esse é exatamente o ritmo que não devemos viver.
É bom lembrar que Jesus disse uma vez:
“Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. ”
Ás vezes queremos que o mundo cale a boca por ao menos um segundo. Esquecemos que Jesus pode fazer isso. Pois, Ele cala até os demônios, porque não poderia calar o Universo?
Esquecemos que se não dermos um sorriso, o mundo não vai fazê-lo por nós. Alguém na rua poderia estar precisando de um olhar de simpatia que poderia mudar esta vida, mas esquecemos de nossa missão.
Mas, quero lhe informar que, se você ainda está vivo, é tempo de mudar. Pedir ânimo para viver neste mundo, perceber pequenas bênçãos que nos dão felicidade, acordar a cada dia é trivial, porém, um milagre.
Gratidão é o principal para se seguir neste mundo e espalhar o amor dos amores. Ter amor, faz com que você queira espalhá-lo.
Lembre-se que Jesus foi cuspido, traído e humilhado, mas, seguiu até o fim, por um ser humano que aparentemente não poderia mais adquirir mudança. Mas Ele acreditou que um dia nós mudaríamos, nos deu uma chance, e esta se estende a cada dia.
Por isso temo que viver com ânimo e felicidade, se não o consegue peça a Deus, pois Ele nos muda e se permitirmos nos faz felizes.
Para ser feliz não há dinheiro que pague. Devemos nos manter em Deus, porque a tristeza é o império do mundo.

Que hoje possamos dobrar os joelhos e continuar o dia com animação e alegria que os outros não tem, mas podemos distribuir para estes.

assinado: Isa (tentando ajudar sempre que for possível ou impossível)

Nenhum comentário:

Postar um comentário