quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Alegrem-se no Senhor!



E aí galera, como é que vocês estão?

Antes de começarmos com nosso texto de hoje, eu quero falar com vocês sobre o blog. Já que estamos todos em clima de ano novo vida nova, nós também vamos ter mudanças por aqui.

Continuaremos com textos todas as semanas, mas agora todos os textos de quarta-feira serão com uma pegada cristã, como era antes. Os posts do Papo de Estudante serão postados na segunda-feira, mas apenas a cada quinze dias. Os posts sobre relacionamentos só quando vier inspiração, mas fica para quarta-feira. Combinado?

Já quero pedir desculpas antecipadamente caso eu ou a Isabela não postarmos sempre nos nossos horários marcados. A rotina está bem puxada, espero que entendam.

E, ainda, todo esse esquema de postagens pode ser mudado durante o ano.

Bem, eu já falei demais. Bora ver o texto!

----------

"Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!"
- Filipenses 4.4 - NVI Online

Eu estava relendo a carta de Paulo aos filipenses por esses dias, e esse foi o trecho que me chamou a atenção dessa vez. Eu já o conhecia, mas quando o li uma palavra parecia saltar daquela frase: Alegrem-se SEMPRE no Senhor.

Eu estive notando que cada vez mais nós cristãos temos negligenciado a presença de Deus. Às vezes oramos por mero ritual, lemos a Bíblia para não quebrar a rotina, separamos quinze ou vinte minutos no fim do dia para ter um momento maçante com Deus. Sendo que deveríamos tratar cada um desses momentos como sendo único, trazendo à memória o sacrifício de Cristo e o véu rasgado.

Deus cuida de nós com muito mais zelo do que podemos imaginar. Ele trata cada situação de nossas vidas como uma oportunidade de crescer. Quando nos permitimos ser guiados pelo Espírito Santo, nossas almas provam de coisas inexplicáveis, de uma paz profunda e da glória do próprio Deus. E nós, ingratos, ignoramos todas as grandes coisas que Ele já fez por nós, e agimos como se houvesse correntes em nosso pescoço que nos obrigam a ajoelhar todos os dias ao pé da cama para fazer uma oração mecânica.

Alegrem-se no Senhor! Não tenham medo, não entendam como uma obrigação. Alegrem-se! Ele não quer robôs à Sua disposição para dizer palavras de elogios vazias. Ele quer verdadeiros servos, pessoas que realmente queiram fazer a vontade dele aqui na Terra como é feita no Céu. Alegrem-se! O Cordeiro imaculado foi morto. Alegrem-se! O sacrifício foi feito. Alegrem-se! Vocês foram perdoados e hoje alcançados pela maravilhosíssima Graça de Deus. Alegrem-se! Ele não quer que tenhamos medo. O mundo está em trevas, mas Ele é a nossa Luz! Alegremo-nos, pois o Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo hoje intercede ao Pai por nós.

Alegremo-nos sempre! Não só quando Deus atende nossos pedidos. Não só quando estamos felizes. Alegremo-nos sempre no Senhor! Vamos ficar alegres por quem Ele é. Vamos ficar alegres porque Ele é justo, e mesmo sendo o Todo Poderoso, Rei do Universo, com poder para consumir nossos corpos com apenas uma palavra, Ele ainda dá o direito de ser chamados filhos Seus a todos os que aceitam a Jesus como o Filho de Deus! Ele fez muito além de Sua obrigação. Ele faz muito além de Sua obrigação!

Vamos mudar nossas faces abatidas diante do Rei da Glória. Ele nos recebe diante de Sua presença. Consegue compreender a imensidão de Sua misericórdia? Ele, um Deus Santo, recebe em Seus átrios homens impuros que vivem no meio de um povo de impuros lábios. Ele pergunta: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Ele aguarda a resposta de pecadores dispostos a serem transformados. Quando dizemos "Eis-me aqui", estamos a serviço do Criador das estrelas, das colinas e das cachoeiras. E ainda temos a coragem de agir como se fôssemos obrigados a isso.

Alegre-se. Ao lado de Cristo você tem mais motivos para sorrir do que para chorar, pois a Graça dele é bem maior do que nossos pecados. Mesmo que estejamos vivendo por vales tenebrosos, a presença de Deus é o bastante para nos fazer sorrir. Mesmo com a alma angustiada, conseguiremos nos alegrar por ter a certeza de que Ele ouve nosso lamento. Nem sempre conseguiremos sorrir, mas a nossa alma sempre estará alegre quando estivermos certos de que o nosso Redentor vive, e se levantará por nossa causa a fim de nos defender.

Alegrem-se no Senhor! Novamente direi: alegrem-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário