sexta-feira, 15 de abril de 2016

Conte sua historia



Conte-me sobre sua vida. Como ela está? Não tão boa? Mas veja só, você ainda está aqui, nesse jogo de sobreviver. Sei que pode soar um pouco rude, mas quero pedir, por favor, conte-me sua história.

Conte-me de quando você viu a vida do seu amigo sendo destruída, pelos maus costumes e más companhias, e de como você nunca desistiu de ajudá-lo, mesmo nas vezes em que ele nem se lembrava de você.

Conte-me sobre os abusos que você sofreu, sobre sua solidão e sua vontade de sumir. Conte-me como é ter que respirar bem fundo e pensar em mil motivos para viver antes de levantar da cama.

Conte-me que cicatrizes são essas, no corpo e no coração. Conte-me sobre como é construir uma cúpula ao redor de si para se proteger. Conte-me de onde você tira toda essa coragem para confiar em alguém de vez em quando.

Conte-me sobre sua loucura. Não que você seja louco, mas é assim que costumam te chamar, não é? Conte-me sobre como é ter depressão, e mesmo assim arranjar forças para ir trabalhar, estudar, ou simplesmente ir observar o sol da janela.

Conte-me da vez em que você ouviu uma palavra que cortou a sua alma. Conte-me como você faz para estampar esse sorriso bonito no rosto, mesmo sofrendo tanto. Conte-me sobre teus fardos, teus males. Conte-me sobre tuas dores e feridas.

Conte-me: Você é feliz?

Eu sei que o conceito de felicidade pode ser um pouco relativo, então melhorarei a pergunta: Você se sente completo?

Sabe, no quebra-cabeça da vida temos muitas peças que conseguimos em diferentes ocasiões e épocas. Mas há uma peça que é especial. A peça principal para dizer a verdade. Mesmo que todas as outras peças faltem, esta te mostrará a imagem do quebra-cabeça. Só esta pecinha pode te completar. Só esta pecinha pode te ajudar a compreender e a suportar todas as outras.

Essa pecinha desceu do céu, deixou sua glória de Deus, morreu por você, e deixou as portas abertas para que vocês pudessem conversar.

Essa pecinha - Jesus! - pode transformar a sua história! E mesmo que Ele não mude a sua situação, Ele mudará você, deixando tudo em seu lugar.

Conte-me sua história e ofereço-lhe a solução.

Conte-me sua história e mostre-me que eu não tenho de que reclamar.

Conte-me sua história e me encoraje a ajudar a você e a todos que precisam de ajuda.

Eu sei que dói, mas bota pra fora! E não precisa ser pra mim. Escolha com cuidado alguém, e conte a sua dor. Essa pessoa com certeza te ajudará a carregar esse fardo.

Conte sua história, e esta pode ser uma pecinha que falta no quebra-cabeça de alguém. Talvez a pecinha que faça entender a gratidão. Talvez a que encoraje a ser gentil.

Conte sua história. Mesmo que se sinta fraco, lembre-se: Você é forte por simplesmente ter chegado até aqui. E saiba de Jesus te ama, mais do que ninguém, de uma forma que eu não saberia explicar!

"Vinde a mim, todos os que estais
cansados e oprimidos,
e eu vos aliviarei"
- Mateus 11.28

-----------------------------

O que me impulsionou a escrever esse texto foi a minha atual situação. Eu tenho conhecido a história de algumas pessoas, e tenho percebido que grande parte das pessoas que conheço precisam de ajuda. Tenho me disposto a ajudá-las, a sentir a dor junto, a oferecer momentos de silêncio, e por mais que eu tente ensinar alguma lição, é com essas pessoas que tenho aprendido. É cada sorriso bonito que eu vejo no rosto dessa gente que tem alma sangrando, que eu até penso: O que é que eu estou fazendo com a minha vida?

Eu encorajo a todos que estão passando por uma situação difícil a ler a seção de testemunhos do blog Graça em Flor. E, caso você se sinta à vontade, você pode contar a sua história por aqui, ou enviar uma mensagem pela página no facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário