sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Confiar em Deus - Já sei oqtaconteseno!



E aí galera! Como é que vocês estão?

Esse textinho é continuação do textinho lá da nossa amiguinha Carol. Se você ainda não leu o textinho da coala, essa é a hora - depois a gente continua nosso papo, falou?
(Pra ler é só clicar aqui >> http://coalapensante.blogspot.com.br/2016/09/qqtaconteseno.html )

Senta que hoje nosso papo está cheio das referências!


----------------------


Pegue sua venda, coloque-a nos olhos e diga: "Agora sim, tudo está sob controle". Qualquer um de nós acreditaria ser uma grande loucura, mas nos esquecemos que a loucura de Deus é beeeem mais sábia do que a nossa sabedoria.

Ouça as palavras de alguém que não soube confiar. Conheço bem as consequências de caminhar com as próprias pernas, e hoje sei que, seu eu tivesse confiado em Deus, o que vivo hoje seria diferente. Se eu soubesse que o que vinha pela frente não era o que eu imaginava, eu teria simplesmente descansado no Senhor enquanto Ele me guiava. Mas a minha história não foi bem assim.

Para falar a verdade, no início de tudo eu me achava a dona da razão, a musa da causa e efeito, a diferentona. Depois, quando comecei a colher os frutos que plantei, fiquei meio: Oqtaconteseno? E só então, depois de muito trabalhar de Deus em minha visão, eu sei oqtaconteseno!

Antes de eu chegar no X da questão, dá uma olhadinha no refrão dessa música da Ludmila Ferber:

Quando tudo parece estranho ao redor
Buscar Tua face é preciso, Deus
Quando a gente não sabe o que está ocorrendo
Buscar Tua face é preciso, Deus
Quando a fúria dos ventos vem contra nós
E a vontade é sumir e calar a voz
É nesse hora que a gente precisa lutar 
E jamais desistir
Justamente agora é o momento de se humilhar
E buscar a face de Deus

Eu nem preciso dizer mais nada, né?

Mas não é sobre isso que quero falar com vocês. Eu quero falar que eu já descobri o que está acontecendo!

Digamos que sua vida é uma história escrita por Deus, e você é um daqueles leitores que não gosta de trapacear e ler a última página "acidentalmente" (até porque não temos esse poder quando o livro é a nossa vida). Quando estamos nos primeiros capítulos, nada faz muito sentido. No meio do livro, já estamos desesperados com as ações dos personagens. E ao final estamos pensando: "Precisava mesmo daquilo, cara?". É o típico Tinha espaço pro Jack, sim, Rose!*

Tem uma música do novo CD do Livres Para Adorar que diz: "Se eu conhecesse o eco das escolhas que eu fiz/ As cicatrizes hoje não seriam assim"**, devo concordar. Se lá atrás eu soubesse que o caminho que tomei me levaria aonde estou agora, eu com certeza escolheria outro. O que é bom poderia ser abundante, o tempo de confusão poderia ser investido em meu relacionamento com Deus.

Hoje eu olho para trás, e já sei o que está acontecendo. Eu vejo Deus tentando me guiar pelos melhores caminhos, eu sendo teimosa (como sempre) e indo pelo lado oposto, então Ele usando os obstáculos do meu caminho errado para me fazer mais forte, e só então chego onde estou.

Eu passei por muito sofrimento desnecessário. Eu estou bem, mas poderia estar melhor. Eu poderia estar bem sem essas cicatrizes e marcas que carrego por conta de minhas escolhas erradas. Como diria Bruno Mastrocolla, "Hoje entendo, sim/ Que o que eu não entendi era o melhor pra mim"***, e continuo a compreender que os planos de Deus, os planos que eu não entendo, são os melhores para mim.

Se Deus me permitisse passar pela mesma situação de novo, eu novamente não saberia o que estaria acontecendo. E no final das contas, não é preciso saber. Deus só quer que a gente confie nele, sem entender nada. Ele quer que a gente coloque mesmo a venda nos olhos e vá andar na corda bamba. Ele só quer que a gente seja como aquele bebê que apenas quer o colo da mãe, pois tem a certeza de que será protegido entre aqueles braços de afeto.

Eu já sei oqtaconteseno. Mas eu sei das coisas que já se passaram. Eu sei dos livros que já foram escritos. O que eu vivo hoje eu não entendo, eu não preciso entender. Eu confio. E quando não confio, boto a carroça na frente dos bois já ciente das turbulências.

Você não sabe o que acontece hoje, mas faça bom uso de suas memórias, lembre-se das coisas que você já sabe, e leve essa bagagem para mais esse deserto.

Tudo é uma lição, a gente tem que aprender
O Mestre usa a vida
A vida usa tudo


"Respondeu Jesus e disse-lhes:
O que eu faço, não o sabes tu, agora, mas tu o saberás depois."
- João 13.7




Eu confio
Nova voz


---------
Notas

* Referência às últimas cenas do filme Titanic
** Música Marcas do CD Só em Jesus do Livres Para Adorar
*** Música Outubro de Bruno Mastrocolla (feat. Daniela Araújo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário