sábado, 3 de setembro de 2016

Você é uma pessoa ruim


Há um tempo eu insistia em dizer para outra pessoa: "Você não é uma pessoa ruim". Eu tentei até mesmo escrever um texto para expor esse meu ponto de vista, mas no meio dele percebi que era um argumento falido. A verdade é que eu não posso dizer que você não é uma pessoa ruim, porque você é -  assim como eu também sou.

Nos momentos da minha vida em que me sinto como um monstro, costumo olhar pra dentro de mim e dizer: "Não, você não é. Você é uma pessoa boa". Mas percebo que dizer isso não adianta, porque eu não sou.

O ser humano não é bom. Nós carregamos em nós a terrível herança que Adão nos deixou. Em nossas veias corre a iniquidade. Naturalmente já somos pecadores e já nascemos afastados de Deus. Somos maus, fazemos o mal quando pretendemos fazer o bem, machucamos os outros quando queremos agradar. Não sabemos como ser pessoas boas. Mas isso não é motivo para se desesperar.

Se todos nós fôssemos bons como geralmente julgamos ser, não precisaríamos de um Deus para nos ajudar, afinal, saberíamos muito bem o que é bom, e assim o faríamos. E é justamente a maldade que circula em nossos ossos que nos leva ao Evangelho.

Você é uma pessoa ruim, sim! E por ser uma pessoa ruim, você necessita de um Deus bom. Por ser um pecador, você precisa de um Redentor. Por não saber o que é melhor para você, você precisa de uma Luz. Isso não é errado ou anormal. Isso é humano. E se há alguma coisa que Deus espera que sejamos é essa: Humanos.

Deus nos criou humanos, perfeitos. Ele sabia que cedo ou tarde Adão pecaria. A partir dali Ele sabia que a humanidade teria uma horrível tendência ao pecado, e que nós pecaríamos, e que o magoaríamos, e que o desobedeceríamos, mas mesmo assim Ele nos amou. Mesmo sabendo que volta e meia nós nos voltaríamos contra Ele para dizer que Ele não faz nada por nós, Ele aniquilou-se a si mesmo, tomou a forma de homem e morreu por nós. E para quê? Para nos tornar mais próximos de Deus!

Você não é uma pessoa boa, e nem tente se convencer do contrário; é perda de tempo. Você é uma pessoa ruim, e aceite esse fato. Aceite também o fato de que apenas um Deus bom pode olhar para você com olhar de misericórdia e perdão e te aceitar como Filho. O sangue de Jesus nos trouxe para mais perto de Deus, e se fôssemos realmente tão bons quanto alegamos publicamente sermos, não precisaríamos que o próprio Filho de Deus tomasse nossos pecados sobre si.

Somos humanos, e isso nos torna maus. E justamente por sermos maus, nos tornamos totalmente dependentes de um Deus que tem o poder de transformar nossas almas e o nosso entendimento. Deus não espera que sejamos perfeitos, pois Ele sabe que jamais alcançaremos essa posição enquanto homens. Deus não espera que não pequemos nunca, pois temos a raiz da iniquidade dentro de nós. Ele espera, sim, que reconheçamos essa nossa condição, e que nos entreguemos ao Seu minucioso agir para que, como uma criança que está aprendendo a andar, mesmo após cairmos, procurarmos as seguras mãos que nos ajudarão a levantar.

Você não vai parar de pecar nunca, mas isso não te impede de lutar até a morte contra o pecado. Você é um ser imperfeito, mas que isso não seja um impedimento para você buscar ser santo como só Ele é.

Você é uma pessoa ruim, mas Ele continua sendo bom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário