domingo, 19 de março de 2017

Ainda é cedo


Ei! Posso te dar um conselho?
Sossega esse teu coração
E vê se para de buscar
Tudo o que te falta.
Será que não vês que ainda é cedo?
Tens até o fim da vida
Pra tratar tuas feridas,
Construir tua carreira,
Colocar teu pé no altar.

Falando em pé, compre um All Star
Ou um tênis esportivo
Pois extenso é o caminho
E acabou de amanhecer.

Será que não vês?
Eis o tempo de crescer,
De apanhar sem revidar,
De sangrar e não morrer.

Figurinhas, boneca, amarelinha
Foi-se o tempo, deixe pra trás!
Se queres mesmo ser
Alguém de verdade
Trate de desligar a TV,
O celular e o 3G
Bota a cara no sol e vá viver!

Será que não vês?
Tens a força que daqui uns anos não terás
Tens os sonhos, os recursos
E o que falta?
Não me diga que é tempo!
Será que não vês que ainda é cedo?

És jovem
És forte
E o tempo está a seu favor
Não troque o caminho que te levará a algum lugar
Por trilha de prazer, explosão de sabor.

Será que não vês que ainda é cedo?
Vamos, levante-se, não tenha medo!
O que te falta hoje
Há de vir com o tempo.
Quanto a você
Precisa escolher
Se quiser pode usar o meu conselho
Escute o que eu digo
Sossega essa alma
Que ainda é cedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário