quarta-feira, 5 de abril de 2017

Aprendendo com José - Parte 1


José, o famoso sonhador, sempre esteve em posição de destaque. Dentre seus irmãos, seu pai tinha por ele uma afeição especial; quando levado como escravo, governou sobre a casa de um homem importante; na prisão, foi colocado como responsável; e ao final de sua vida é o segundo maior de todo o Egito. Com José conseguimos tirar algumas lições muitíssimo importante para nossas vidas:

  • Não espere as condições favoráveis para fazer o seu melhor
É muito fácil olhar para José e dizer que ele foi excelente diante de Faraó, afinal, ele estava no auge de sua vida, sendo menor que faraó somente pela coroa. Mas a excelência de José independia das circunstâncias. Quando a mulher de Potifar agarrou sua roupa para que ele se deitasse com ela, não esperou para ver no que dava. A consequência? Foi sentenciado à prisão. E mesmo lá, permaneceu excelente. Quando o copeiro e o padeiro de Faraó, que também estavam presos, tiveram sonhos que não entenderam, José os interpretou, mesmo dentro da prisão.

Não podemos fazer as coisas de qualquer jeito só porque não condiz com nossos talentos ou gostos pessoais. Provavelmente José não queria ser vendido como escravo, nem ser levado preso, mas continuou sendo excelente, da mesma forma que era na casa de seu pai.

  • Honre a Deus e o Senhor estará contigo
Nas duas vezes que a expressão "E o SENHOR estava com José" aparece em Gênesis (39.2; 39.21), logo após seus senhores (Potifar e o carcereiro-mor) achavam graça em José. José fazia tudo o que fora instruído, honrando a Deus e aos homens. O que era colocado em sua mão, ele fazia. Porém, quando ele não podia agir, Deus agia por ele.

Precisamos fazer o que está ao nosso alcance. Sem choramingar, sem procrastinar. Com garra e determinação, transparecendo sempre a excelência com que Cristo caminhou por essa terra. Onde o nosso braço não alcançar, o de Deus alcança. Não precisamos temer que as portas se fechem em nossa cara quando Deus nos mandou passar pela porta. Nem tudo será borboletas e arco-íris, mas em tudo podemos crer: O Senhor estará conosco!

O sofrimento virá, assim como as emoções que agitam o coração, mas Ele estará conosco. Que como José, venhamos aprender que nossa excelência não deve depender das circunstâncias, e que não existe impossível para o nosso Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário